Total de visualizações de página

Follow by Email

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Como elaborar um Plano de Estudo? Siga os passos com seu filho e ajude-o a se organizar!

PLANO DE ESTUDO
Fazer um planejamento de estudo, com dias, horários e matérias garante um salto de qualidade na preparação para as provas no colégio e posteriormente para o vestibular.


Muitas pessoas vêem o estudo como algo complicado, difícil, e até chato, e isso faz com que passamos a ter dificuldades na hora de estudar. Há muitos fatores que ajudam na hora do estudo, como o horário, o ambiente entre outros. Confira a seguir algumas dicas:

1- Se conscientize que estudar é TRABALHAR, ou seja se você é estudante então realmente desempenhe o seu papel, ESTUDE!
2- Organize um caderno para anotações durante a aula do professor, anotando algo da explicação que você achou relevante e que não tenha na apostila (livro).
3- Monte um cronograma! A montagem deve levar em consideração as aulas assistidas durante o dia e também as lições de casa a serem feitas.
Este cronograma, deve ter pelo ao menos 1 hora de estudos durante o dia e depois ir acrescentando mais tempo de acordo com suas necessidades.
4- Após montar o cronograma, verifique o ambiente no qual irá estudar. O ambiente deve ser:
* Tranqüilo;
*Com boa iluminação;
*Sem música;
*Com uma mesa - somente com os materiais básicos para o estudo para que não haja distração com outras coisas do tipo: fotos, celular, MP10 etc. Os materiais que serão utilizados devem estar organizados próximos de você.
*Uma cadeira confortável (para se manter uma boa postura durante o estudo).
*Um bom dicionário não pode faltar.
5- É importante que na hora de estudar você esteja bem alimentado, a fome prejudica os estudos, o raciocínio, e o entendimento do conteúdo, mas não fique comendo ao mesmo tempo em que estiver estudando, faça as refeições antes e depois dos estudos.
6- Surgiu alguma dúvida durante as revisões feitas em casa? Anote-as e pergunte ao professor na próxima aula! Lembre-se que perguntar é sinônimo de sabedoria e interesse, não existe perguntas tolas ou sem importância. Sua dúvida pode ser a mesma de muitos colegas de sala.
7- Deixe o seu sono em dia, durma no mínimo 8 horas por dia.
8- Estude sempre que possível no mesmo horário, isso irá treinar o seu cérebro a se adaptar.
9- Reveja as matérias do dia e refaça todos os exercícios de cálculos em uma folha de sulfite quantas vezes for necessário até entender o processo.
10- Coloque o seu cronograma de estudos em um local que você possa ver sempre, assim você lembra do seu principal compromisso o de ESTUDAR! Bons estudos!


Atenciosamente,
Orientação Pedagógica
Ariádne Twigg Lima do Nascimento

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Profissões




















Mural dia das Mães

Segue imagens que podem ser utilizadas em forma de mural ou como livro com as crianças!!!












Feliz Páscoa!

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Ser feliz ou ter razão?

Ser feliz ou ter razão?


Oito da noite, numa avenida movimentada. O casal já está atrasado
para jantar na casa de uns amigos. O endereço é novo e ela consultou no
mapa antes de sair. Ele conduz o carro. Ela orienta e pede para que vire,
na próxima rua, à esquerda. Ele tem certeza de que é à direita. Discutem.
Percebendo que além de atrasados, poderiam ficar mal-humorados, ela
deixa que ele decida. Ele vira à direita e percebe, então, que estava
errado.
Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado,
enquanto faz o retorno. Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem
alguns minutos atrasados. Mas ele ainda quer saber: - Se tinhas tanta
certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, devias ter insistido um pouco
mais... E ela diz: - Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz.
Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos
estragado a noite!

MORAL DA HISTÓRIA

Esta pequena história foi contada por uma empresária, durante uma
palestra sobre simplicidade no mundo do trabalho. Ela usou a cena para ilustrar
quanta energia nós gastamos apenas para demonstrar que temos razão,
independentemente, de tê-la ou não. Desde que ouvi esta história,

tenho me perguntado com mais freqüência: 'Quero ser feliz ou ter razão?

Outro pensamento parecido, diz o seguinte: "Nunca se justifique; os amigos
não precisam e os inimigos não acreditam".

Passe este e-mail aos seus amigos, para ver se o mundo melhora

Eu já decidi... EU QUERO SER FELIZ e você?